• Digitalização
    de Documentos

    Temos soluções ágeis e confiáveis para emissão e guarda
    ou arquivamento dos arquivos XML das Notas Fiscais Eletrônicas.
    Possuímos servidores em três datacenters no país.

  • Guarda e Custódia
    de Documentos.

    A solução definitiva para seu arquivo! Acabe com o arquivamento
    incorreto, extravio ou deterioração dos documentos!
    Possuímos as melhores práticas e sistemas para manter
    seus documentos organizados e seguros.

  • Gestão
    de Documentos de RH.

    A Guardião Digital - Gestão de RH, é um serviço de gestão
    de documentos de RH, Departamento Pessoal e SESMT
    (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança
    e em Medicina do Trabalho).

  • Digitalização de Prontuários de
    Pacientes

    Conheça a nova lei bem como as Vantagens e os Cuidados
    Antes de Descartar Documentos.

Produtos e Serviços

O que nós fazemos

Nós Coletamos, Organizamos, Digitalizamos, Processamos e Guardamos os seus documentos. Através dos nossos serviços você sempre terá os documentos e a informação necessários no exato momento em que precisa.

Missão

Missão

Promover a gestão do conhecimento com informações ágeis, seguras e acessíveis. Promover a Gestão do Conhecimento, tornando a informação, impressa ou digital organizada, estruturada e disponível na hora certa e para as pessoas certas. Propor e executar soluções de Gestão documental com o objetivo de aumentar a produtividade, melhorar o desempenho e a competitividade de nossos clientes, tornando a informação exata e disponível a qualquer momento. Promover a redução de custos e o aproveitamento dos recursos humanos e naturais com foco na sustentabilidade.

Visão

Visão

Ser reconhecida, em âmbito nacional, pela excelência dos serviços prestados, gerando valor competitivo aos clientes. Fomentar a gestão sustentável da informação digital e impressa, com eficiência, eficácia e ética, através da disseminação de processos e tecnologias que desenvolvemos nos nossos anos de história, agregando resultados consistentes aos objetivos de nossos franqueados e clientes.

Valores Compartilhados

Valores Compartilhados

  • Superação dos resultados e das expectativas;

  • Sustentabilidade

  • Ética

  • Confidencialidade

  • Inovação e melhorias constantes

  • Pioneirismo em tecnologia;

  • Valorização Humana;

  • Promover o desenvolvimento social.

Sobre nós & FAQ's

Algumas palavras sobre nós!


A Guardião Digital, fundada em 1999, é a pioneira em Digitalização e Guarda de Documentos de São José do Rio Preto e em toda a Noroeste Paulista.


Possuímos como clientes grandes empresas multinacionais, empresas de segurança, prefeituras e muitos órgãos públicos, como também organismos internacionais, totalizando mais de 60.000 usuários.


A Guardião Digital é a empresa mais avançada de Gestão Documental do Brasil, pois possui sua própria fábrica de Software com profissionais certificados internacionalmente.

Colaborando com a sustentabilidade, a Guardião Digital, implanta tecnologias que diminuem em média 50% da necessidade de impressão, chegando em muitos projetos a reduzir até 87% do volume impresso.


Como a Guardião Digital me ajuda a economizar dinheiro?

Combinando os produtos e serviços da Guardião Digital, sua empresa poderá gerenciar com facilidade os seus processos e documentos produzidos em seu curso. Além disso, A implementação de uma eficiente gestão de documentos com a nossa consultoria, reduz despesas com impressão, preparação de documentos para auditorias e fiscalizações, digitalização, guarda de documentos e muitos outros processos necessários em toda empresa. Gere relatórios e gráficos de produtividade do seu time, entenda onde está o gargalo de uma determinada operação, profissionalize a comunicação formal da sua organização evitando perda de tempo. Afinal, tempo é dinheiro, não é mesmo?!

Como a Guardião Digital me deixa mais seguro?

Porque posso confiar na Guardião Digital?

Em poucas palavras? Porque entendemos do assunto! Com a tecnologia em nosso DNA, profissionais treinados e qualificados, certificações que comprovam a excelência em serviços e muita vontade de inovar, a Guardião Digital está há vinte anos no mercado de gestão documental, fornecendo soluções de Gestão Eletrônica de Documentos (GED), digitalização, além da guarda física de documentos. Atendemos multinacionais e grandes empresas dos mais variados segmentos, então não perca tempo, agende uma reunião conosco e venha conhecer nossa estrutura!

Ok, quero conhecer melhor. O que eu faço?

Que bom que você decidiu entender melhor como a gestão de documentos pode beneficiar o seu negócio. Ligue agora mesmo para (17) 3227-4428 ou envie um email para contato@guardiaodigital.com.br, nosso time comercial vai entrar em contato com você e te explicar tudo que você precisa saber para otimizar o seu negócio.

Como posso me tornar um franqueado?

Já são mais de 10 unidades em todo o Brasil. Quer fazer parte deste sucesso? Acesse a nossa página da franquia! Lá você encontrará todos os detalhes sobre este negócio incrível que beneficia tantas empresas. Depois de conhecer um pouco mais sobre nós, preencha o formulário no final da página para registrar o interesse em se franquear e alguém do nosso time entrará em contato.

0+

Usuários

0+

Projetos Desenvolvidos

0+

Clientes

0

Franquias

Últimas Notícias

Vendas da Huawei podem cair até 25% neste ano, dizem analistas

A fabricante chinesa de equipamentos para telecomunicações Huawei, atingida por sanções dos Estados Unidos, poderá ver suas vendas caírem em até 25% neste ano e enfrenta a possibilidade de seus smartphones desaparecerem dos mercados internacionais, disseram analistas. Após decreto de Trump, Google corta laços com a Huawei A Huawei, que é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo em volume, pode ter queda nas vendas cair entre 4% e 25% em 2019 se as sanções dos EUA continuarem, de acordo com Fubon Research e Strategy Analytics. Vários especialistas disseram esperar que as vendas da Huawei cairão nos próximos seis meses, mas se recusaram a dar uma estimativa real, devido às incertezas em torno das políticas dos EUA. O Departamento de Comércio dos EUA impediu que a Huawei comprasse produtos norte-americanos na semana passada em meio ao aumento da disputa comercial com a China. A proibição se aplica a bens e serviços com 25% ou mais de tecnologia ou materiais originados nos EUA e pode, portanto, afetar empresas não americanas. "A Huawei poderá ser eliminada do mercado de smartphones da Europa Ocidental no próximo ano se perder o acesso ao Google", disse Linda Sui, diretora de estratégias de smartphones da Strategy Analytics. Ela prevê que as vendas de celulares da Huawei caiam mais 23% no próximo ano, mas acredita que a companhia poderia sobreviver pelo tamanho do mercado chinês. A Fubon Research, que anteriormente previa que a Huawei venderia 258 milhões de smartphones em 2019, agora espera que a empresa venda 200 milhões, caso se desenhe o pior cenário. A Huawei possui quase 30% do mercado global, de acordo com o IDC, e vendeu 208 milhões de celulares no ano passado, sendo metade em mercados fora da China. A empresa conta a Europa como o mercado mais importante para seus smartphones premium.

Xiaomi anuncia lançamento de dois smartphones no Brasil

Depois de uma tentativa em 2015, a fabricante de smartphones e eletrônicos Xiaomi anunciou novos lançamentos no Brasil. Desta vez, a empresa chega ao varejo físico com dois modelos de smartphone, Redmi Note 6 Pro e PocoPhone F1. Segundo a distribuidora DL, que foi quem realizou a homologação dos modelos junto à Anatel, os aparelhos serão vendidos pela rede Ricardo Eletro, da Máquina de Vendas. O preço dos aparelhos está sendo debatido com a varejista e por isso não foi anunciado um valor oficial. Depois que um aparelho é homologado pela agência significa que ele tem autorização para ser vendido no país. Quando veio ao Brasil pela pela primeira vez em 2015, a Xiaomi vendia o modelo Redmi 2 por R$ 500 no comércio online, uma forma de evitar a distribuição e reduzir custos ao consumidor. A empresa diminuiu sua presença no país no ano seguinte, deixando de fazer novos lançamentos por aqui. Os aparelhos Conhecido pelo custo-benefício e pela velocidade para games, o Pocophone F1 foi lançado em 2018 por um preço na faixa dos US$ 300. Ele conta com o processador Snapdragon 845, com oito núcleos de processamento, 6GB de memória RAM e 128GB de armazenamento. O aparelho também tem câmera frontal de 20MP e câmeras traseiras de 12MP e 5MP. Já o Redmi Note 6 Pro vem com sistema operacional MIUI, versão que a Xiaomi faz baseada no Android. O smartphone tem processador Snapdragon 636, também com oito núcleos, além de 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento. Com duas câmeras frontais, uma de 20MP e uma de 2MP, o aparelho consegue garantir o modo retrato na hora da selfie.

Donald Trump exige que governo dos EUA invista em IA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou nesta segunda-feira (11) que o governo dê maior prioridade a inteligência artificial (IA) – ação vista como o início de uma batalha com a China por essa liderança. A ordem executiva American AI Initiative exige que "todos os recursos do governo federal" sejam dedicados a ajudar a impulsionar inovação em inteligência artificial. "Os americanos se beneficiaram enormemente de ser os primeiros desenvolvedores e os líderes da inteligência artificial", apontou a Casa Branca em um comunicado. "No entanto, à medida que aumenta o ritmo da inovação da IA no mundo todo, não podemos ficar sem fazer nada e supor que nossa liderança está garantida." A ordem não detalha um financiamento específico nem uma estratégia concreta para a implementação da inteligência artificial. A medida chega em meio à crescente preocupação de que a China ultrapassará os Estados Unidos em áreas-chave de inteligência artificial, auxiliada por uma estratégia nacional ampla e por um investimento acelerado. Darrell West, diretor do Centro de Inovação Tecnológica da Brookings Institution, disse que a iniciativa da Casa Branca foi "oportuna", mas que é difícil saber como será implementada sem um financiamento claro. "Às vezes o presidente lança iniciativas que soam bem, mas que têm pouco impacto", disse West. "A China está investindo 150 bilhões de dólares até 2030 com o objetivo de se tornar o principal país de IA no mundo. É importante que os Estados Unidos acompanhem o ritmo porque a IA transformará muitos setores diferentes." Os estranhos eventos da inteligência artificial Inteligência artificial pode acabar com engarrafamentos? Daniel Castro, do Centro para a Inovação de Dados, um grupo de especialistas que trata temas de tecnologia, ofereceu uma resposta igualmente cautelosa. "Se o governo quer que sua iniciativa de inteligência artificial seja transformadora, deverá fazer mais que reprogramar os fundos existentes para a pesquisa da inteligência artificial, o desenvolvimento de habilidades e o desenvolvimento de infraestrutura." O senador republicano Marco Rubio afirmou no Twitter que a iniciativa era um "bom começo". "A China é o maior desafio que enfrentamos em mais de meio século entre os nossos adversários próximos. Confrontá-la vai exigir uma resposta abrangente", escreveu.

Certificações

Conheça algumas competências e capacitações da Guardião Digital,
para atingirmos sempre o melhor padrão de qualidade.

Gestão de Documentos

Servidores